Novidades

 

18/06/2014 - Lei garante 30% de adicional de periculosidade para motoboys

Brasília/DF - A presidenta Dilma Rousseff sancionou a Lei que reconhece as profissões de mototaxista, motoboy, motofrete e de serviço comunitário de rua como atividades perigosas. Com a aprovação do Projeto de Lei 2865/2011, os trabalhadores da categoria passam a ter direito ao adicional de periculosidade de 30% sobre o valor do salário. A cerimônia aconteceu nesta quarta (18), no Salão Nobre do Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

Em seu discurso, Dilma lembrou a importância da categoria no dia a dia das cidades e os perigos vividos durante o trabalho. Para ela, a aprovação é um reconhecimento aos esforços feitos. "Nada mais justo e necessário. Uma categoria que enfrenta o trânsito, que enfrenta todos os perigos que daí vem, que em alguns momentos têm de cumprir um horário. Esta categoria tem direito a periculosidade", afirmou.

Fonte:Portal Brasil